Mas eu queria que você soubesse que eu me importo.
~ Chuva de novembro. (via pulsei)
via  pulsei  (originally  se-eu-pudesse)
1 week ago on 18 July 2014 ~ 11:29pm 60,491 notes

As vezes a gente chora…não porque somos fracos mas por passar tempo de mais sendo fortes.

1 week ago on 18 July 2014 ~ 11:28pm 3 notes
Minha mente e meu inconsciente fizeram um pacto de fazer da minha vida tudo sobre você. 

Minha mente e meu inconsciente fizeram um pacto de fazer da minha vida tudo sobre você. 

4 weeks ago on 3 July 2014 ~ 1:22pm 2 notes
Eu tenho que parar com essa mania de me apaixonar pelo impossível

Eu tenho que parar com essa mania de me apaixonar pelo impossível

4 weeks ago on 3 July 2014 ~ 1:13pm 7 notes
Meu coração é como uma divisão divina, metade bate por mim…
E outra metade bate por você.
-Emblem3

Meu coração é como uma divisão divina, metade bate por mim…

E outra metade bate por você.

-Emblem3

1 month ago on 15 June 2014 ~ 1:56pm 7 notes

Where’s my happy ending?

1 month ago on 15 June 2014 ~ 1:45pm 2 notes
Me pego tentando caminhar sobre os espinhos sem sentir dor, guardar bolhas de sabão para sempre, enxergar no escuro e ouvir o silêncio.
Por que sou tão fútil a ponto de tentar algo que está classificado impossível? E se pensar no amor então…aí que não sei mais o que eu faço, espero um amor platônico sentada na varanda, ele cair do céu.

Me pego tentando caminhar sobre os espinhos sem sentir dor, guardar bolhas de sabão para sempre, enxergar no escuro e ouvir o silêncio.

Por que sou tão fútil a ponto de tentar algo que está classificado impossível? E se pensar no amor então…aí que não sei mais o que eu faço, espero um amor platônico sentada na varanda, ele cair do céu.

1 month ago on 15 June 2014 ~ 1:42pm 1 note
Sabe quando sua ferida está quase curada e você vai lá e tira aquela casquinha? Não dói tudo novamente? é assim que eu me sinto sobre você. Você é uma ferida passada, que custa a cicatrizar.

Sabe quando sua ferida está quase curada e você vai lá e tira aquela casquinha? Não dói tudo novamente? é assim que eu me sinto sobre você. Você é uma ferida passada, que custa a cicatrizar.

4 months ago on 1 April 2014 ~ 4:32pm 21 notes
Jamais prive uma pessoa de esperança, pode ser que ela só tenha isso.
~ Emily Brönte.    (via pulsei)
via  pulsei  (originally  alentador)
4 months ago on 20 March 2014 ~ 2:06pm 4,603 notes
Pai…
Eu sei que provavelmente você nunca vai ver este post e eu nunca vou ter coragem de falar tudo o que eu sinto pra você mas isso não importa, eu preciso abrir as portas que eu tranquei à 5 chaves no meu coração. 
Desde pequena sinto sua falta, a cada apresentação de dia dos pais que você faltou, a cada desenho que eu fiz e nunca foi entregue. Eu não entendia o porque você não estava presente, só sabia que ali você não estava. Eu via nos filmes o relacionamento que filhas tem com seu pai e eu me perguntava o por que eu não tinha aquilo. 
Fui crescendo e não quis entender o seu lado, você era meu pai e eu só te via uma vez por ano, não quis mais saber de você, não queria que você ligasse porque eu teria que fingir que estava tudo bem. Não queria mais te ver porque sabia que depois você iria embora novamente e a ferida já cicatrizada abriria de novo. 
Estaria mentindo se disse-se que não estou magoada, sim eu estou e talvez nunca mais consiga fazer essa ferida ser curada mas eu preciso te dizer, ou melhor, eu preciso deixar isso escrito em algum lugar…Eu te perdoo. Precisei organizar meus pensamentos pra chegar a essa conclusão, sei que nunca teve a intenção de me machucar ou de se afastar de mim, simplesmente aconteceu. Parei de te culpar por tudo que aconteceu então não à razão para você se culpar, eu te amo e sei que você me ama também.

Pai…

Eu sei que provavelmente você nunca vai ver este post e eu nunca vou ter coragem de falar tudo o que eu sinto pra você mas isso não importa, eu preciso abrir as portas que eu tranquei à 5 chaves no meu coração. 

Desde pequena sinto sua falta, a cada apresentação de dia dos pais que você faltou, a cada desenho que eu fiz e nunca foi entregue. Eu não entendia o porque você não estava presente, só sabia que ali você não estava. Eu via nos filmes o relacionamento que filhas tem com seu pai e eu me perguntava o por que eu não tinha aquilo. 

Fui crescendo e não quis entender o seu lado, você era meu pai e eu só te via uma vez por ano, não quis mais saber de você, não queria que você ligasse porque eu teria que fingir que estava tudo bem. Não queria mais te ver porque sabia que depois você iria embora novamente e a ferida já cicatrizada abriria de novo. 

Estaria mentindo se disse-se que não estou magoada, sim eu estou e talvez nunca mais consiga fazer essa ferida ser curada mas eu preciso te dizer, ou melhor, eu preciso deixar isso escrito em algum lugar…Eu te perdoo. Precisei organizar meus pensamentos pra chegar a essa conclusão, sei que nunca teve a intenção de me machucar ou de se afastar de mim, simplesmente aconteceu. Parei de te culpar por tudo que aconteceu então não à razão para você se culpar, eu te amo e sei que você me ama também.

4 months ago on 20 March 2014 ~ 1:58pm 4 notes